A Oerlikon Leybold Vacuum vence prêmio de encomenda principal para bombas criogênicas de grande desempenho

A Oerlikon Leybold Vacuum venceu o prêmio de adjudicação de uma encomenda para o fabrico de um conjunto de bombas de vácuo criogênicas da série COOLVAC 60.000 para a evacuação de câmaras de simulação espaciais. Estas bombas, com um diâmetro de flange de 1,3 m e uma taxa de bombeamento de 60.000 litros de nitrogênio por segundo, estão sendo agora manufaturadas na localidade de Dresden pertencente à Oerlikon Leybold Vacuum.

Bombas criogênicas são usadas sempre que grandes câmaras de vácuo necessitem de ser evacuadas muito rapidamente e a pressões extremamente baixas, oferecendo taxas de bombeamento elevadas e um vácuo atingível de cerca de 10-12 mbar. Aplicações principais de tecnologia criogênica incluem a indústria aeroespacial em que elementos de foguetes, satélites, ônibus espacial ou peças para estações espacial são testados em grandes câmaras de simulação.

Aqui podem ser corridas simulações em provas de estanqueidade do vácuo, por exemplo, ou também quanto à sua resistência em condições extremas no espaço entre temperaturas de poucos Kelvin (aprox. -270 °C) à sombra e radiações solares diretas. Os principais clientes para estas bombas criogênicas são nações com um programa aéreo-espacial forte como os E.U.A., a China, a Índia e acima de tudo os Estados Europeus com a Agência Espacial Europeia (ESA).

As séries de bombas criogênicas COOLVAC são bombas de vácuo de ligação com elementos gasosos para a gama de pressões de alto vácuo entre 10-3 mbar e 10-11 mbar. Estas bombas trabalham segundo o princípio de que substâncias gasosas se ligam às superfícies frias no interior da bomba por condensação criogênica, adsorção criogênica ou captura criogênica. Para produzir um alto ou altíssimo vácuo, todas as superfícies frias devem ser esfriadas a uma temperatura suficientemente baixa. Dependendo do tipo de sistema de resfriamento usado, é feita uma distinção entre bombas criogênicas de refrigeração, bombas criogênicas de banho e bombas criogênicas evaporadoras. A Oerlikon Leybold Vacuum fabrica bombas criogênicas exclusivamente do tipo refrigeradoras.

A Oerlikon Leybold Vacuum Dresden fabrica equipamento de vácuo e máquinas para a produção de temperaturas extremamente baixas. A gama de produtos inclui unidades de resfriamento pequenas, bombas de vácuo criogênicas e compressores de hélio que são usadas com êxito na tecnologia de vácuo, supercondutores, engenharia médica e pesquisa. Os produtos da Oerlikon Leybold cryotech são usados em todo mundo e em qualquer escala, desde laboratórios de pesquisa até aplicações industriais.

Além destas bombas criogênicas, a Oerlikon Leybold Vacuum Dresden também fabrica os geradores de frio integrados - as chamadas cabeças frias. Os modelos diferem entre a temperatura mais baixa realizável e a potência de resfriamento alcançada nesse nível de temperatura. A Oerlikon Leybold fabrica ao nível tecnológico mais avançado e numa gama de temperaturas até 4,2 K, com potências de resfriamento de até várias centenas de Watts a 80 K.

“Estamos orgulhosos de que a nossa competência como fornecedor de soluções para esta tecnologia específica seja reconhecida em tal campo tecnológico importante, e que nós podemos então fazer parte desta pesquisa e desenvolvimento orientada para o futuro”, diz Dr. Martin Füllenbach, CEO da Oerlikon Leybold Vacuum.

Com suas soluções tecnológicas inovadoras, a divisão de Dresden se ajusta perfeitamente à Oerlikon Leybold Vacuum no ambiente da alta tecnologia desta mesma cidade. Esta cidade alberga as empresas Silicon Saxony, assim como muitas universidades e institutos de pesquisa como Technische Universität Dresden e os Institutos Fraunhofer, Helmholtz e Leibnitz. As ciências dos materiais desempenham aqui um papel significativo. Dresden é um centro para o desenvolvimento de materiais supercondutores e para tecnologias de exibição OLED, por exemplo. Os sistemas de vácuo são atualmente empregues em quase todas as áreas industriais e de pesquisa. A proximidade da Oerlikon Leybold Vacuum com seus clientes é uma vantagem crucial neste respeito, visto que Dresden presta serviços de pós-venda na Europa para toda a gama de bombas de vácuo.

No futuro, a tecnologia criogênica desempenhará também um papel importante para as relativamente novas tecnologias no domínio dos supercondutores. Abaixo de uma certa temperatura, a chamada temperatura de transição, certos materiais se tornam supercondutores, significando que o material conduz uma corrente elétrica sem qualquer resistência. Novamente, as cabeças frias Oerlikon Leybold Vacuum são usadas para esfriamento.

De momento, a maioria das aplicações para transmissão de energia sem perdas ainda se encontra no estágio de protótipo dentro do campo da engenharia de potência. Mesmo assim, geradores e motores com rotores supercondutores permitem concepções compactas que alcançam eficiências significativamente mais altas e oferecem potencial de crescimento para aplicações industriais.

Para mais informação, por favor contate:

Christina Steigler
Comunicações Empresariais
T: +49 221 347 1261
F : +49 221 347 31261
christina.steigler@leybold.com
www.leybold.com

Lothar Siegert
Gerente Sênior - Tecnologia Criogênica
T: +49 351 8855014
F: +49 351 8855040
lothar.siegert@leybold.com
www.leybold.com